Desequilíbrio Nutricional


LEIA COM ATENÇÃO e comece hoje mesmo a promover mudanças para ter um Estilo de Vida mais Ativo e Saudável. Este é o nosso desejo para você \o/ O que você vai aprender aqui afetará positivamente a sua Vida e da sua Família. Realmente, preste muita atenção e veja se faz sentido. 

O que é #DESEQUILÍBRIO NUTRICIONAL? 

O desequilíbrio nutricional é a carência ou falta de nutrientes importantes para nosso organismo e que o corpo vai acumulando diariamente, sendo esse o principal fator do desenvolvimento primário de doenças e do envelhecimento precoce. 

Alguns fatores vão explicar por que a cada ano o Ser Humano tem mostrado um enfraquecimento relevante no seu sistema imunológico. Geralmente, esse enfraquecimento está ligado a falta de desintoxicação do organismo, o baixo consumo de água pura e alimentos saudáveis, a ausência de suplementos na dieta e ainda, tudo isso sendo agravado pelo sedentarismo. Você deve conhecer alguém que já teve ou tem algum dos efeitos colaterais desse fenômeno:

Obesidade, Colesterol alto, Cortisol em excesso, Triglicerídeos alterados, Hipertensão arterial, Doenças respiratórias, Estresse, Osteoporose, Envelhecimento precoce, Artrites, Problemas gastrointestinais, Problemas cardiovasculares, Diabetes, Infecções e resfriados, Dores de cabeça frequentes, Problemas circulatório e etc.



E o maior problema é que esses efeitos colaterais não são corrigidos a tempo, e acabam trazendo consequências graves e muitas vezes, irreversíveis. Os mais comuns são: Infarto / Derrame / Câncer / Diabetes. De acordo com a OMS- Organização Mundial da Saúde, estas são as maiores causas de mortes no mundo, 70% das mortes tem como causas doenças cardíacas, derrame, diabetes e câncer, 50% dessas mortes tem suas causas relacionadas diretamente com a dieta, ou seja, com a má alimentação e 70% das consultas médicas seriam dispensadas se as pessoas tivessem uma nutrição equilibrada.
 
Os Congressos Mundiais de Cardiologia estão sempre tocando nessas teclas e seus Médicos especialistas normalmente recomendam:
1) Parar de fumar
2) Controlar a Hipertensão – Que tem a ver diretamente com a redução da ingestão de Sal e diminuição da Gordura no corpo.
3) Mudança no Estilo de Vida – fazendo o controle de peso, moderação no consumo de álcool e Sal de cozinha.
4) Aumentar a Atividade Física – E o que é mais interessante é que eles recomendam ingerir diariamente Suplementos Nutricionais, os Antioxidantes.
5) E consumir mais Proteína de Soja - Diminuir o consumo de carne vermelha e aumentar o consumo de proteína de soja, principal ingrediente que está presente nos produtos Herbalife. A proteína de soja é uma valioso integrante de uma dieta balanceada para uma boa saúde cardiovascular. 

O que acontece hoje é que a alimentação está pobre em Nutrientes e rica em G.Á.S. - Gordura, Açúcar e Sal. Muito excesso de: G.Á.S., Hormônios, Fumo, Produtos Químicos, Álcool, Drogas, Medicamentos, Calorias vazias, etc. E carência de: Vitaminas, Minerais, Proteínas Vegetais, Fibras, Fatores botânicos, Água.
 
Estudos estão sendo elaborados nas maiores Universidades do planeta para entender esse complexo processo de Nutrição Humana. Um bom exemplo é a UCLA em Los Angeles que possui um Núcleo de Pesquisa, referência mundial e onde a Herbalife mantêm o Laboratório Mark Hughes de Nutrição Celular e Molecular, para estudar e melhorar a qualidade dos nossos produtos.

Mas numa versão simples procure entender o corpo humano como um carro que precisa de combustível todos os dias para funcionar bem, e quando não abastecemos com gasolina boa o carro não para, mas começa a funcionar com baixo desempenho até apresentar problemas nas suas engrenagens, não é assim?

Então, o que é #NUTRIÇÃO?

Muitas pessoas confundem NUTRIÇÃO com DIETA

Dieta é o que você escolhe para comer e come!

Nutrição é a relação dos processos que são necessários, desde a ingestão do alimento até a chegada dele dentro da células. São pelo menos 4 etapas para que as células sejam alimentadas, veja:

A 1ª etapa é escolher o que vai comer e ingerir - mastigar e engolir.

A 2ª etapa é digerir, quebrar os alimentos em moléculas pequenas.

A 3ª etapa, é quando o alimento, agora em moléculas pequenas que chamamos de Nutrientes, cruza a parede do aparelho digestivo e segue pelo sangue tecidos a dentro.

A 4ª etapa é quando as células encontram e retiram os nutrientes do sangue, cumprindo a última etapa da Nutrição que é a Assimilação. 

Então se você comeu mas a sua célula não recebeu o que você comeu, sua Nutrição está Desequilibrada.

Compreenda: O que você come pode até estar equilibrado (hoje em dia isso é raro), balanceado, MAS se uma dessas etapas for atrapalhada e o nutriente não chegar à célula você não teve nutrição, é o polêmico conceito conhecido como FOME OCULTA.


A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que uma em cada quatro pessoas no mundo tem fome oculta. O que é esse problema?

A “FOME OCULTA” é definida como uma carência não explícita de um ou mais micronutrientes, em que há alterações fisiológicas mínimas, não perceptíveis no exame clínico de rotina.  A “fome oculta” é uma consequência da falta ou do baixo consumo, sobretudo, de micronutrientes (vitaminas e minerais). 

Mas se perguntarmos as pessoas se elas se alimentam bem TODAS vão dizer que sim, mas as estatísticas de sobrepeso, imunidade baixa, gordura no sangue e fígado, e outras taxas desreguladas, provam que as pessoas se alimentam mal.
O curioso é que quando perguntamos para que nós comemos, a maioria das pessoas respondem:
Para ter energia
Para construir o corpo
Para regular funções
E está certo, MAS... TAMBÉM PARA NUTRIR AS CÉLULAS.
É importante lembrar que vivemos em ambiente urbano e é quase impossível ter uma nutrição completa de forma natural, e isso torna complexo se alimentar e se nutrir ao mesmo tempo.
E o que são esses nutrientes? São todos os alimentos de origem vegetal (por que os alimentos de origem animal são construídos a partir do vegetal). Eles estão divididos em duas categorias: Naturais e Essenciais.

O que são os #NUTRIENTES NATURAIS  e os #NUTRIENTES ESSENCIAIS?

Os nutrientes naturais são aqueles que você precisa diariamente, mas se por alguma razão faltar na sua dieta o seu organismo não sofre, porque o corpo tem a capacidade de fabricar dentro das células o nutriente natural que faltou. Então, com esses nutrientes nós não temos problemas.

O nosso problema  está relacionado com os nutrientes essenciais. Eles são considerados pela ciência, mais ou menos, uns 50 tipos diferentes... Alguns aminoácidos, vitaminas, sais minerais, oligoelementos, ácidos graxos, etc... E estes nutrientes nós não conseguimos fabricar, então, obrigatoriamente, eles devem estar presentes na nossa dieta.

É quando faltam os nutrientes essenciais que o corpo passa a funcionar com baixa qualidade, começando a comprometer o funcionamento dos sistemas desse corpo. Nosso grande desafio é saber onde estão e quais são esses nutrientes essenciais. Entenda:

São os NUTRIENTES ESSENCIAIS que saciam as células. O que sacia o apetite chama-se G.Á.S. – Gordura, Açúcar e Sal.

Lembre-se: O sabor sacia até o instante em que a célula perceber que não está nutrida naquela refeição, então o cérebro te enviará o comando de fome até que você envie os nutrientes essenciais que ele precisa. Por isso cada vez mais, sentimos fome com intervalos menores entre uma refeição e outra, observe se isso já aconteceu com você.
É o G.Á.S. que nós faz buscar a comida, e que geralmente está em excesso e que as pessoas ainda comem em excesso. Olhe, como está a alimentação da maioria das pessoas hoje em dia:


Mas as células não são alimentadas somente com o G.Á.S. – o desafio é buscar os alimentos construtores e que na maioria são de origem vegetal, lembra? E as pessoas comem mais alimentos de origem animal. Então, quanto mais fome você tiver, maior é o indício de que sua alimentação está rica em G.Á.S. e pobre em nutrientes essenciais. 

Repetindo: Sempre depois que cada refeição é processada o corpo fará o balanço se entrou nas células todos os nutrientes e ele te avisará através da FOME que faltou algum nutriente. Não tem como você saber, por isso é complexo o processo de nutrição celular. Quanto mais você comer e maiores forem os picos de fome, maior é a carência nutricional que seu corpo está acumulando, e ele te avisa, te avisa... e você vai e come, e come mais... Geralmente calorias vazias.
Quando isso acontece a pessoa começa a perceber alguns sintomas como por exemplo: Baixa da imunidade, irritação, sonolência ou falta de sono, dores musculares, fraqueza, cansaço, baixa concentração, etc... que vem em forma de aviso e a maioria das pessoas tentam sanar com remédios. É aí que o processo de intoxicação agrava a necessidade nutricional e as doenças urbanas começam aparecer mais frequentes.
Em resumo, o que nos faz ter mais fome e cada vez num intervalo de tempo menor é o EXCESSO  de G.Á.S. e a CARÊNCIA de Nutrientes Essenciais e este sintoma é o maior indício da FOME OCULTA.
Com o aumento das cidades e da população, é preciso entender que escolher bem os alimentos ainda não é garantia que você estará se nutrindo corretamente. Existem vários fatores Externos e Internos que colaboram para o processo de Nutrição se tornar tão complexo. O mercado oferece pouca opção saudável e natural para balancear de forma segura e simples nossas refeições diárias. Vamos observar esses fatores? Vem comigo!
Quais são os Fatores #INTERNOS?
Os problemas internos estão relacionados ao funcionamento inadequado do seu organismo, principalmente do aparelho intestinal e digestivo.
Aparelho Intestinal – É um tubo que pode ter de 7 a 9 metros de tripa num adulto e que precisa estar adequadamente desintoxicado, caso contrário não conduzirá o nutriente para a corrente sanguínea, mesmo você comendo bem. A baixa ingestão de água e fibras naturais e a excessiva ingestão de líquidos químicos interfere diretamente na saúde intestinal e na capacidade do corpo em absorver nutrientes.  
Mastigação – Não mastigamos o alimento adequadamente, quase engolimos inteiros pela pressa do dia a dia.  

Digestão – Bebemos líquidos que comprometem a digestão e absorção de nutrientes, pois diluem o suco gástrico que não conseguirá quebrar o alimento em moléculas minúsculas.

Estresse – A condição interna (humor e paz) e a condição externa (noticiários ou discussões) no momento da refeição interfere diretamente no sistema nervoso, que afeta o sistema endócrino, que afeta a digestão. Procure se alimentar em paz.




Medicamentos – A maioria das pessoas tomam medicamentos a 3 por 4, sem orientação do médico, normalmente, com orientação do vizinho, da sogra, da mãe, da tia, das pesquisas na internet, etc... E isso afeta a capacidade que as células tem se de nutrirem. Mesmo que o nutriente esteja lá. O corpo é formado de água e nutrientes e não de remédios. Como disse Hipócrates: "Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio”.

Toxinas – Cada vez mais as pessoas fumam e bebem muito
Dieta – Este item é o mais complicado. As pessoas geralmente não sabem o que comer e quando descobrem preferem manter os hábitos antigos por serem mais práticos e recheados de G.Á.S. e como não aderem práticas de desintoxicação do organismo a rejeição aos alimentos saudáveis é muito forte.



Quais são os fatores #EXTERNOS?

 
Os fatores externos são todos os processos que envolvem os alimentos desde o plantio até a sua mesa, que nós não conseguimos controlar ou ter a noção de como eles acontecem.  Observe alguns desses processos e pense sobre isso!

O primeiro e mais perturbador é que o Solo já não consegue atender às necessidades de produção desse consumo desordenado. Vejamos: 

Produção dos Alimentos – O solo está exaurido para atender a crescente demanda de safras e o tempo de recuperação do solo não é respeitado o que exige do produtor o uso de fertilizantes e adubos químicos. Portanto, no processo de produção do alimento, bem como dos métodos e recursos utilizados no plantio, transporte, armazenamento e beneficiamento dos alimentos, nós não temos nenhum tipo de controle.

O Processo de abastecimento agrícola de hoje em dia está sujeito à inúmeras influências que podem impactar o conteúdo e o valor nutricional dos nossos alimentos. O principal culpado nesta tendência mundial de baixa escala nutricional, preocupante, é mesmo o esgotamento do solo. Por isso o aporte de suplementos, diariamente, aos hábitos alimentares de uma pessoa é fundamental para alcançar uma dieta nutricionalmente balanceada e promover a manutenção da qualidade de vida. 

 
Veja o exemplo abaixo que ilustra essa perda no valor nutricional dos nossos alimentos.
Você precisaria comer 5 maçãs agora para ter o mesmo  valor nutricional que 1 maçã colhida há 43 anos atrás, mas isso obviamente, hoje, tem 5 vezes mais caloria que antes! 
    
 
Colheita e transporte – Não temos mais os alimentos colhidos nas hortas perto de nossas casas. Geralmente eles vem de longas distâncias e estão sujeitos a variações  de calor,  oxidação, pancadas, o tempo de chegada no atacadista até o varejista, tudo isso afeta a qualidade nutricional dos alimentos que chegam com baixa concentração de vitaminas pois precisam ser colhidos verdes, no máximo de vez, para chegarem inteiros à sua mesa. Já pensou nisso?
Preparo inadequado – Todo alimento tem um tempo de vida para ser consumido com suas propriedades preservadas. Como nós os aquecemos e preparamos adicionando muito tempero, acabamos por comer apenas a textura e o sabor dos alimentos, com baixíssima qualidade nutricional.
Portanto, nesses Fatores Externos, se um deles falhar o produto final que chegará a sua mesa pode ser bonito, saboroso, cheiroso (e normalmente é porque adicionamos muitos condimentos e temperos), gostoso, mas não atenderá  às necessidades nutricionais do organismo, aumentando a sua fome celular.
Hábitos Alimentares – Este é o item mais importante de toda a cadeia de nutrição, por que é o único que nós TEMOS controle absoluto sobre ele e não exercemos.  A maioria das pessoas não escolhem seu alimento baseado no seu valor para a saúde e a nutrição.  A escolha é feita se a pessoa pode comprar e se é saboroso ou ainda um costume da família ou da região. Mesmo que ele saiba que esse hábito não é saudável a pressão social dificulta a mudança para hábitos mais saudáveis e a pessoa fica exposta  aos efeitos colaterais desses costumes. Você conhece alguém que já teve, na família ou amigos, algum desses problemas de saúde: AVC, Infarto, Diabetes, Câncer? Sabia que apenas 30% dessas doenças são hereditárias? 70% é resultado da má alimentação e estilos de vida.
 
Fato: O efeito colateral da falta de tempo para buscar um estilo de vida saudável e ativo é ter que gastar tempo e dinheiro para cuidar da doença e é isso que precisamos prevenir, porque isso é doloroso e muito mais caro. 
Falta de conhecimento – Este é um item polêmico, pois há um excesso de informação e muitas delas contraditórias na internet, o  que torna fundamental conhecer a origem e a aplicação dessas informações. Fica difícil saber o que fazer e como fazer para ter um resultado positivo não é verdade ?  
Fazer uma refeição completa não é uma tarefa tão simples assim!
Saber quais alimentos contêm os nutrientes que precisamos (todos os dias, todos os dias...), como prepará-los e quais as quantidades necessárias para ter uma refeição nutricionalmente equilibrada é um verdadeiro desafio. A nova pirâmide de Harvard nos mostra o tamanho desse desafio.


Por isso a cada ano a população perde a capacidade que o corpo tem de se manter saudável e auto imune. Isso tem consequências graves, por que afeta diretamente a qualidade de Vida e os números são alarmantes. Pense nisso.
Um dos hábitos alimentares mais popular e que compromete negativamente a estrutura do organismo humano é o hábito de fazer Regimes – o velho conhecido “Fechar a Boca”.
É comum as pessoas fazerem regime ou dietas da moda que restringe a ingestão parcial de alimentos e de forma inadequada, e isso causa o aumento das carências nutricionais num grau elevado que modifica o metabolismo do corpo. Observe:



Uma vez que o corpo ficou sem receber os nutrientes e água, necessários para a manutenção do organismo e da Vida, o cérebro aciona a tecla de sobrevivência, ordenando que o corpo passe a “GUARDAR” o máximo de alimento que a pessoa ingerir para fazer reservas de emergência. Durante os dias de regime a pessoa perde peso por que na verdade está perdendo “MASSA MAGRA e LÍQUIDOS” e entenda, o último lugar que o corpo irá atacar para mantê-lo vivo é a reserva de gordura.
 
Esse “FECHAR A BOCA” gera inevitavelmente a temida “FLACIDEZ”, por que a reserva de colágeno é a primeira a ser atacada quando faltam nutrientes da dieta da pessoa. Todo ciclo Ioiô traz um aumento gradativo de peso por ano, e quanto mais gordura acumula-se, menos capa muscular e mais flacidez a pessoa vai ter.
Quem você conhece que parou no meio do caminho de uma dessas dietas loucas da moda ou de um regime rígido de fechar a boca por estar sentido-se  enfezado, estressado, com fraqueza, a imunidade lá embaixo e frustrado por que em poucos dias sabia que ia recuperar tudo com sobras e ainda ficar cheio de flacidez? Pois é. É assim mesmo.
 
Este é o efeito colateral dos regimes e dietas sem a orientação adequada. Veja a diferença:
   
Então, você compreende que é desafiador ter um Estilo de Vida Saudável e Ativo sem buscar conhecimento e pessoas que possam te acompanhar? E é exatamente isso que queremos te oferecer, informações e acompanhamento.

Estamos aqui para: 

1º Ajudar você a entender a fisiologia do seu corpo.

2º Ensinar você a MELHOR maneira de alcançar seus objetivos.

3º Acompanhar seu processo de mudança rumo à uma Vida Saudável e Ativa.

4º Oferecer dinâmicas e convivência com outras pessoas que buscam viver melhor.

5º Comemorar juntos os resultados e inspirar outras pessoas a fazerem essas mudanças.

Vem com a gente \o/ 


Se preferir use nossa linha direta para tirar dúvidas e obter melhor orientação para quais produtos priorizar, nossa sugestão é que comece sempre pelo mais simples de fazer. O #topesquenta vai te oferecer uma experiência incrível e gratificante !!!  

Veja no link #desafio5dias e #topesquenta
Você vai dormir melhor, acordar melhor, ativar as idas ao banheiro para o nº 1 e nº 2, vai ficar mais leve e mais feliz. Isso já deixará você mais confiante e aberto às nossas orientações. Você precisa estar disposto, ter um objetivo claro e um desejo ardente de alcançá-lo. Nós estaremos juntos, mas lembre-se, Você é o primeiro que deve acreditar na mudança do seu estilo de vida.
 

© #Top Esquenta Nata Medeiros - 2016 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo